1% Reflexões: Sonhos não envelhecem

Cresci vendo meus pais trabalharem muito para conseguirem dar o melhor para a família, minha mãe é professora e sempre deu um duro danado para conseguir mais aulas na escola que trabalhava, para ganhar um dinheiro extra dava aulas de pintura em casa e pintava quadros para vender. Meu pai trabalhava em São Paulo, pegava horas de trânsito todos os dias e trabalhava muito para conseguir proporcionar o melhor para nós, uma época trabalhou em Porto Alegre e nós ficamos em Arujá, ele vinha nos visitar todos os finais de semana, eu não sei por quanto tempo isso durou, mas para mim foi uma eternidade.

Meus pais me ensinaram valores sobre a família, sobre cuidado e respeito com os mais velhos, sobre amor entre os irmãos, importância de cultivar amigos, respeito com as pessoas e sempre nos ensinaram que conquistamos os nossos objetivos baseados no nosso empenho, dedicação, trabalho e educação. Nos ensinaram que as coisas não caem do céu, que precisamos ralar para atingirmos os nossos sonhos.

Quando criança, eu era super nerd, amava estudar e “tirar” boas notas e meu pai dizia, não seja a primeira da classe, mas busque sempre ser a melhor, na época não entendia muito bem a diferença e queria só tirar notas altas, mas hoje consigo ver que o que ele me dizia era para eu me superar todos os dias, não só nas minhas notas, mas vivenciar a escola, respeitar os professores, aprender com eles, fazer amigos e curtir aquela fase que seria muito importante na minha vida. Meus pais falavam da importância de estudar, de aprender coisas novas, da falta de oportunidade que eles tiveram e que deveríamos estar sempre prontos que no momento certo as oportunidades surgiriam. Ainda escuto eles falando: “sorte é estar no momento certo, na hora certa”, mas para isso se prepare e saiba aonde quer chegar!

Quando olho para trás, vejo quanto eu e meus irmãos crescemos, estudamos, conquistamos coisas, aprendemos com desafios e buscamos nossa melhor versão. Minha família é simples, minha avó não sabia ler e escrever e sempre incentivou os filhos a estudarem e vibrava com cada conquista deles. Minha mãe fez faculdade e passou no concurso de professores, lembro dela sofrendo com os estudos e com a possibilidade de não passar e consequentemente perder as aulas que tinha conquistado com tanto trabalho e meu pai sempre teve um sonho antigo guardado, passou em um dos vestibulares mais concorridos do País, mas deixou de lado seu sonho e foi trabalhar para cuidar e ajudar sua família. Ele nunca teve a oportunidade de cursar uma faculdade, mas acredito que viu seu sonho se realizar através dos filhos, vibrou com cada conquista que nós tivemos: a conclusão de uma faculdade, um diploma de MBA, uma promoção no trabalho, a compra de um apartamento, casamento, netos… enfim era como se ele realizasse seu sonho através de nós.

Ontem ele me mandou uma mensagem, recebeu seu diploma universitário, beirando os 70 anos ele se formou na faculdade, mas o que mais me deu orgulho na mensagem dele foi uma coisa em especial, ele escreveu: filha já estou me matriculando no MBA. Esperamos que pessoas apenas desistam de seus sonhos e achem empecilhos para não chegar onde elas querem, que baita orgulho do meu pai que levantou da cadeira e realizou seu sonho. Lógico que não foi sozinho, sem a ajuda da minha mãe não seria possível, que sempre o apoiou até nas ideias mais loucas dele.

É sonhos não envelhecem… eles às vezes só demoram mais do que imaginamos para acontecer e acho que a essa altura posso corrigir uma coisa nos ensinamentos do meu pai, sorte pode até existir, mas depende muito mais da nossa persistência, coragem e atitude para chegar aonde queremos.

Texto por Ana Anunziato colaboradora do blog 1% Melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: